Seguidores

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

DEPÓSITO DA VIDA




Um dia fui buscar desejos no depósito da Vida.
Eram prateleiras imensas, praticamente infinitas.
Recheadas de coisas do início à partida.

Entrei pelo corredor da saúde.
Para mim peguei vitalidade, virilidade, lucidez e amizade.
Para você peguei beleza, entusiasmo e muita longevidade.

Passei pela seção dos bens materiais.
Me servi de casas, carros e propriedades sem iguais.
Mas é claro que de você não esqueci
Acondicionei com muito cuidado . . .
Cremes, roupas, calçados e muitos . . . muitos quadros.

Logo à frente vi a seção do tempo.
Apressei-me a comprar todo o tempo oportuno.
Tempo para trabalhar e para viajar no outono.
Tempo para a família e para horas de sono.
Porém, o que mais comprei foi o nosso tempo
Tempo para cruzar a vida como a brisa do vento.

Já estava cansado de tanto comprar
Fatigado, cheguei até pensar em parar.
Mas, por sorte, assim que vislumbrei o seu ser
Percebi que algo teimava esquecer.

Arrumei forças e fui até o fim.
Caminhei muito sozinho
E parte do caminho pensava só em mim.
Ainda que tivesse você em pensamento
Às vezes era egoísta em sentimento
Mas via você comigo
Mesmo quando cego e sem alento.

Mas a última seção estava lá
     - A seção do Amor -
Verdade que tinha suas regras
Algumas até meio piegas.
Mas diferente das outras
Não tinha um preço, apenas condição.
Recitar uma senha era a ordem de antemão.
Se aceita, teria todo o Amor de uma Vida.
Do início até o fim, na partida.
Pensei . . .  divaguei . . . imaginei . . .
A tal senha na minha cabeça decifrei.
Enchi o peito e, em alvoroço, a todos gritei . . .
A senha aceita, a porta se abriu
E o maior Amor do mundo ganhei.

A senha !?  . . . Qual foi !? . . .
.   .   .   (  !  !  !  )   .   .   .
        ( seu nome, claro! )
   
       T E   A M O


6 comentários:

  1. Luciano, que poema MARAVILHOSO! Não tem como não ler com lágrimas em meus olhos. Abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. Fechando com Chave de Ouro Oi,
    Luciano,
    simplismente lindo!
    Obrigada por compartilhar. Bjos no coração, fica com Deus e um super feliz 2011.

    ResponderExcluir
  3. Luciano querido,
    Querido lindo,lindo,lindo.
    Nossa maravilhoso quando vemos um homem com esse quesito poeta que deixa a alma falar,que perfume que senti quando lia.
    Nossa exalou puro amor,que gostoso,amo esse perfume.
    Obrigado por ter me dado a honra de sentir,de ler,e de ser sua amiga.
    Parabéns amigo.
    Bjos em seu coração com cheirinho de Jasmin.

    ResponderExcluir
  4. Luciano, muito lindo seu poema, na vida tudo podemos ter, mas sem o amor nada é completo,lindo..,parabéns.
    desde já um feliz 2011,muita paz,realizações.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Caro Luciano

    Muito bonito seu poema e cheio de sentimento. Todo o esforço para o amor vale a pena.
    Parabéns e continue, em nossa vida sempre precisamos de boas palavras...
    Um abraço.
    Sergio Nunes

    ResponderExcluir
  6. Boa matéria! Já pensou em divulgar seus posts também no http://www.plik.com.br ? Dá para fazer login via twitter ou se cadastrando no site apenas com seu nome e e-mail, e é super fácil de postar seus resumos de artigos lá! Espero que goste. Bj! Fernanda

    ResponderExcluir